Casa da Memória Severino Cabral de Lucena - Araruna-PB
Home | O que é a Casa da Memória | O Patrono | Museu Fotográfico | Pereira da Silva | Peryllo Doliveira |
Humberto Fonsêca | Objetivos| Araruna| Estatuto| Links| Contatos


a A Criação     a A Casa     a O Patrono     a Finalidades e Objetivos     a Estrutura
a Museu da Farmácia     a Museu Fotográfico Peryllo D'Oliveira    


Histórico

A Criação
A Casa da Memória Severino Cabral de Lucena foi criada em 19 de dezembro de 2002 e o documento de sua criação foi protocolado sob nº 1.828, nas fls. 89v. do livro A-1. Está registrado sob nº 1.437, nas fls. 14/14v. do livro B-7 (Registro Integral de Títulos e Documentos), no Cartório "Martins de Souza", da cidade de Araruna, em 20 de março de 2003.


A Casa
A Casa da Memória Severino Cabral de Lucena está localizada na Av. Epitácio Pessoa, nº 13, no centro da cidade de Araruna, Estado da Paraíba. A casa, construída por volta de 1916, abriga a residência de D. Dorinha Fonsêca de Lucena e a Farmácia Confiança, ambas de sua propriedade.





O Patrono
Severino Cabral de Lucena, patrono da Casa da Memória, nasceu na cidade de Araruna, em 19 de dezembro de 1914. Era filho de Graciliano Pereira de Lucena e de Maria Antonia Cabral de Lucena. Aos 10 anos de idade foi trabalhar na Farmácia Confiança, de Sátyro da Costa Lima. Muito cedo, Severino se sentiu atraído pelo tipo de trabalho e demonstrava grande aptidão para o desempenho do ofício. Responsável, metódico e zeloso, Severino entregava-se horas a fio ao trabalho, sem cansaço, abdicando dos passeios, das festas e dos domingos.

Em 1933, submeteu-se à prova para obtenção do título de "Prático de Farmácia", título que lhe foi concedido no dia 16 de novembro daquele ano. Em 1960, por força da Lei 3.820, foi inscrito no Conselho Regional de Farmácia, recém-criado, como Farmacêutico Provisionado.

Responsável técnico da Farmácia Confiança, desde 1933, Severino Cabral de Lucena casou-se em 23 de novembro de 1937, com Maria das Dores (Dorinha) de Lima Fonsêca, que passou a se chamar Maria das Dores Fonsêca de Lucena, com quem teve os filhos Socorro, Sonia (falecida aos quatro meses de idade), Humberto e Dalva. Além do exercício de sua profissão, Severino Cabral de Lucena teve imensa participação na vida pública e social da cidade de Araruna. No início dos anos 40, com a criação da Comarca de Araruna, foi nomeado Adjunto de Promotor, cargo que exerceu por alguns anos. A partir de 1959, foi nomeado Juiz Substituto, cargo que exerceu, também por alguns anos. Nos anos 50, dirigiu uma Cooperativa Agrícola, da Caixa Econômica. À sua maneira, exerceu atividade política sem nunca ter exercido nenhum cargo. Acometido do Mal de Alzheimer, faleceu no dia 26 de novembro de 1999, na cidade de João Pessoa, aos 84 anos de idade. Seu corpo está sepultado no mausoléu da família, na cidade de Araruna, onde viveu durante toda a sua existência.




Finalidades e Objetivos
A Casa da Memória Severino Cabral de Lucena tem como finalidades e objetivos:

  • Desenvolver atividades relativas à produção, preservação, divulgação e discussão da memória histórica, política, social e cultural de Araruna.

  • Divulgar e promover atividades culturais relacionadas à vida e à obra dos poetas Pereira da Silva e Peryllo Doliveira.

  • Constituir acervos documentais, bibliográficos e fotográficos relativos a Araruna e à sua gente.

  • Manter, permanentemente, exposições temáticas de fotografias, devidamente catalogadas e com detalhada identificação de paisagens, pessoas e circunstâncias históricas do acontecimento, que comporão a memória fotográfica de Araruna.

  • Preservar, no seu aspecto original, a estrutura arquitetônica e as instalações funcionais da Farmácia Confiança, além dos livros, almanaques, móveis e utensílios, relíquias preciosas do Museu da Farmácia, e de grande valor para a história da farmácia na Paraíba.

  • Servir de espaço para o livre exercício da reflexão, estimulando o debate e a divulgação das idéias que possam de algum modo favorecer a compreensão dos problemas da região e de sua gente.



    Estrutura
    A Casa da Memória Severino Cabral de Lucena abrigará uma biblioteca que será denominada Biblioteca e Memorial Pereira da Silva, um museu que terá o nome de Museu Fotográfico Peryllo Doliveira, e um segundo museu que será denominado Museu da Farmácia.

    Home | O que é a Casa da Memória | O Patrono | Museu Fotográfico | Pereira da Silva | Peryllo Doliveira |
    Humberto Fonsêca | Objetivos| Araruna| Estatuto| Links| Contatos