Home | O que é a Casa da Memória | O Patrono | Museu Fotográfico | Pereira da Silva | Peryllo Doliveira |
Humberto Fonsêca | Objetivos| Araruna| Estatuto| Links| Contatos



Severino Cabral de Lucena

O Patrono
Severino Cabral de Lucena, patrono da Casa da Memória, nasceu na cidade de Araruna, em 19 de dezembro de 1914. Era filho de Graciliano Pereira de Lucena e de Maria Antonia Cabral de Lucena. Aos 10 anos de idade foi trabalhar na Farmácia Confiança, de Sátyro da Costa Lima. Muito cedo, Severino se sentiu atraído pelo tipo de trabalho e demonstrava grande aptidão para o desempenho do ofício. Responsável, metódico e zeloso, Severino entregava-se horas a fio ao trabalho, sem cansaço, abdicando dos passeios, das festas e dos domingos.

Em 1933, submeteu-se à prova para obtenção do título de "Prático de Farmácia", título que lhe foi concedido no dia 16 de novembro daquele ano. Em 1960, por força da Lei 3.820, foi inscrito no Conselho Regional de Farmácia, recém-criado, como Farmacêutico Provisionado.

Responsável técnico da Farmácia Confiança, desde 1933, Severino Cabral de Lucena casou-se em 23 de novembro de 1937, com Maria das Dores (Dorinha) de Lima Fonsêca, que passou a se chamar Maria das Dores Fonsêca de Lucena, com quem teve os filhos Socorro, Sonia (falecida aos quatro meses de idade), Humberto e Dalva. Além do exercício de sua profissão, Severino Cabral de Lucena teve imensa participação na vida pública e social da cidade de Araruna. No início dos anos 40, com a criação da Comarca de Araruna, foi nomeado Adjunto de Promotor, cargo que exerceu por alguns anos. A partir de 1959, foi nomeado Juiz Substituto, cargo que exerceu, também por alguns anos. Nos anos 50, dirigiu uma Cooperativa Agrícola, da Caixa Econômica. À sua maneira, exerceu atividade política sem nunca ter exercido nenhum cargo. Acometido do Mal de Alzheimer, faleceu no dia 26 de novembro de 1999, na cidade de João Pessoa, aos 84 anos de idade. Seu corpo está sepultado no mausoléu da família, na cidade de Araruna, onde viveu durante toda a sua existência.

Dona Dorinha aos 15 anos de idadeSeverino Cabral de Lucena e Dona Dorinha
no dia do casamento em 27.11.1937.



O casal ao completar bodas de ouro, em 1987...

Home | O que é a Casa da Memória | O Patrono | Museu Fotográfico | Pereira da Silva | Peryllo Doliveira |
Humberto Fonsêca | Objetivos| Araruna| Estatuto| Links| Contatos